Conheça cada pedacinho do Nordeste Brasileiro



Uma das regiões mais procuradas pelos turistas, também é dona de algumas das praias mais lindas do nosso país. Mas as belezas dessa região não ficam concentradas apenas no litoral. Os rios, ilhas, chapadas, manguezais e cidades históricas fazem parte de um bom roteiro turístico. Sem falar na gastronomia que é uma atração à parte.


Abaixo, confira o que cada estado dessa região tão rica reserva e programa-se para conhecer.


Antes de viajar, certifique-se quanto aos protocolos de reabertura do destino.


Alagoas


Os coqueiros fazem parte da paisagem de todo o litoral de Alagoas. Eles podem ser avistados, por exemplo, de uma das jangadas de velas coloridas que levam os visitantes às piscinas naturais da praia da Pajuçara, em Maceió, capital do estado.


As piscinas são formadas durante a maré baixa, entre bancos de areia e arrecifes próximos à costa, e são tão rasas que permitem a observação dos peixes a olho nu. A travessia de jangada dura cerca de 15 minutos.


O estado é repleto de lindas praias azuis e esverdeadas de águas mornas e aconchegantes, como as praias do Francês, de Maragogi, do Gunga e de Paripueira.


Outro importante atrativo de Alagoas é o rio São Francisco, o Velho Chico, muito importante economicamente para todas as localidades que atravessa.


A culinária típica de Alagoas é à base de frutos do mar e uma das mais tradicionais iguarias alagoanas é o sururu, um tipo de molusco preparado com leite de coco.


Bahia


Destino de milhares de pessoas que buscam lazer e aventura, a Bahia surpreende pela quantidade de atrações. As belezas naturais estão espalhadas por todos os lugares do seu litoral de mais de 1000 km. As Costas do Descobrimento, das Baleias e dos Coqueiros são alguns de seus encantos naturais com extensa variedade de opções.


Praias como Itacaré, Costa do Sauípe, Morro de São Paulo e Trancoso, com resorts e pousadas de charme, são verdadeiros paraísos para descansar e apreciar a natureza. Já a Chapada Diamantina, um dos principais destinos de ecoturismo do Brasil, é um local perfeito para a prática de exploração de cavernas, caminhadas e trekking.


O estado preserva um rico patrimônio cultural em suas igrejas, museus e casarões antigos. Em Salvador, não faltam atrações famosas, como o Farol da Barra e o Pelourinho, reconhecido pela Unesco como Patrimônio Histórico. E a capital ferve durante o Carnaval, quando milhões de pessoas dançam atrás dos trios elétricos – caminhões com caixas de som que percorrem as ruas da cidade.


A culinária baiana é baseada nas tradições dos antepassados. No tabuleiro das baianas, você pode provar o acarajé, o vatapá e vários outros pratos temperados pelo delicioso azeite de dendê. A contagiante alegria de seu povo mistura influências africanas também na música, na dança e na religiosidade.


Ceará


Conhecido por seu carisma e espontaneidade, o povo do Ceará costuma receber seus visitantes de braços abertos e com muita alegria.


Em Fortaleza, a capital, os dias são paradisíacos, e as noites, agitadas, garantindo diversão em todos os dias da semana. Na Praia do Futuro, há barraquinhas em toda a orla, cada uma com um estilo musical e decoração própria. Os quiosques oferecem água de coco, frutos do mar e batidas de frutas diversificadas.


No litoral oeste do estado, você pode conhecer praias deslumbrantes, como Cumbuco e Jericoacoara. Cercada por dunas e lagoas, a famosa Jeri atrai gente do mundo todo para suas pousadas de charme.


Na costa leste, as praias mais famosas são Canoa Quebrada e suas enormes falésias, e Morro Branco, com areias coloridas que servem de matéria-prima para o artesanato local.


Maranhão


A mistura das raças indígenas, negras e brancas está presente na culinária, no artesanato e em quase todos os aspectos da cultura popular do Maranhão.


Bumba-meu-boi, Tambor de Crioula e Caroço, Festa do Divino Espírito Santo e outras manifestações culturais fazem do Maranhão um estado turisticamente rico. Com a maior diversidade de ecossistemas de todo o Brasil, o estado é dividido em cinco polos turísticos, cada um com seus atrativos específicos:

São Luís, a capital, onde as inúmeras festas populares garantem um passeio divertido e instrutivo; Delta das Américas, paraíso ecológico repleto de rios e igarapés; Chapada das Mesas, perfeita para os adeptos de esportes radicais, com suas gigantescas esculturas naturais; Lençóis Maranhenses, o único deserto do mundo entremeado por lagoas de águas cristalinas; Floresta dos Guarás, onde exuberantes manguezais abrigam uma enorme diversidade de répteis, peixes e outros animais.


Paraíba


Com 138 km de extensão, o litoral da Paraíba é uma sucessão de cenários de cinema. Paraísos como Cabo Branco, Coqueirinho e Tambaba são algumas das mais de 50 praias do estado, todas banhadas por águas mornas e esverdeadas, numa mistura gostosa de natureza e tranquilidade.


A culinária paraibana também pode ser muito bem apreciada nas barracas de praia, que preparam pratos à base de camarão e petiscos como caldinhos de caranguejo com leite de coco e agulhinhas fritas (peixes pequenos típicos do Nordeste brasileiro).


João Pessoa, capital do estado, dispõe de uma boa infraestrutura turística e de uma rica cultura popular, e tem como marca registrada a hospitalidade.


A cidade de Campina Grande concentra grande parte das atividades culturais do estado. Localizado no interior paraibano, o município é palco do maior São João do Mundo, evento que durante um mês atrai turistas nacionais e internacionais.


São 30 dias de forró, apresentações de quadrilhas, exposições de artesanato local e barraquinhas repletas de comidas como pamonha, milho cozido e canjica.


Pernambuco


O estado de Pernambuco tem paisagens variadas, entre planaltos, serras, planaltos, sertão e praias com recifes imensos e piscinas naturais.


Os lugares mais procurados são Porto de Galinhas, Carneiros, Cabo de Santo Agostinho e o arquipélago de Fernando de Noronha, tombado pela Unesco como Patrimônio Natural da Humanidade. Entre as principais atrações de Noronha estão os golfinhos saltadores, que podem ser vistos em vários pontos das ilhas.


Em Recife, a capital, e Olinda, separadas apenas por uma ponte, um dos atrativos principais é o carnaval, que atrai foliões de todo o mundo. O Galo da Madrugada, em Recife, é reconhecido pelo Guinness Book como o maior bloco carnavalesco do mundo e reúne anualmente mais de 2 milhões de pessoas.


Outra cidade pernambucana bastante visitada é Caruaru, também conhecida como a Princesinha do Agreste. Ali está a mais famosa feira ao ar livre do Brasil, considerada Patrimônio Cultural Nacional, que encanta pelo seu rico e diversificado artesanato, suas manifestações folclóricas e seus produtos gastronômicos variados.


Piauí


O estado do Piauí abriga um dos mais lindos trechos de praia do Brasil: o famoso Delta do Rio Parnaíba, formado por mais de 70 ilhas que se desenham entre rios, riachos, igarapés, dunas e lagoas.


Também é no Piauí que está a maior quantidade de sítios arqueológicos do Brasil, na Serra da Capivara, cujo Parque Nacional é patrimônio da humanidade e impressiona por seus atributos naturais e culturais.


Além de visitar o Delta, você não pode deixar de ver o pôr do sol na Pedra do Sal, conhecer o terminal turístico de Porto das Barcas e refrescar-se na Lagoa do Portinho.


A população piauiense reflete a mistura das raças negras, brancas e indígenas e sua economia está baseada na atividade agropecuária.


Essa miscigenação transparece nas casas de taipa cobertas com palha de buriti, nas jangadas do litoral e na figura dos tiradores de palha de carnaúba e dos vaqueiros.

As danças folclóricas piauienses são todas muito espontâneas e simples, mas sempre surpreendentes.


Rio Grande do Norte


Situado na “esquina” do Brasil, o Rio Grande do Norte tem mais de 400 km de um litoral repleto de dunas e falésias que atraem visitantes de todo o mundo.


Seu clima tropical favorece a economia e o torna um grande exportador de frutas e de camarão. Rica em frutos do mar, carne de sol, feijão verde e macaxeira (mandioca), a gastronomia também é um ponto forte do estado.


A 30 km de Natal, capital do estado, está uma das mais famosas praias do Rio Grande do Norte: Genipabu. Ali é possível relaxar, passear de buggy pelas extensas dunas, praticar esportes radicais e até andar de camelo.


Outra praia muito visitada é a da Pipa, em Tibau do Sul. Moradia de golfinhos e tartarugas marinhas, Pipa tem águas claras e mornas, e é cercada por enormes falésias cobertas pela Mata Atlântica.


Outros destinos bastante procurados no estado são a praia de Maracajaú, com seus parrachos (barreiras de corais) que favorecem o mergulho, e a cidade de Mossoró.

Sergipe


Sergipe tem sua economia baseada na exploração de recursos minerais e na atividade agrícola, principalmente no cultivo de cana-de-açúcar, mandioca, coco e laranja.


A capital do estado, Aracaju, fundada em 1855, foi a primeira capital planejada do Brasil e é conhecida por suas belas praias, passeios de catamarã e festas populares, como o Pré-Caju (festa pré-carnavalesca), que acontece 15 dias antes do carnaval.


As festas juninas também não faltam no calendário sergipano, com muito forró e comidas típicas, como canjica e cuscuz.


As cidades do interior também comemoram o São João. Os festejos começam com os fogos de artifício, grupos de xaxado (ritmo característico do Nordeste) e bandas de pífanos (flautas de timbre estridente), e não terminam sem a quadrilha e o espetáculo dos balões coloridos.

Um dos mais belos atrativos do estado é o Cânion de Xingó, com rochas que alcançam mais de 50 metros de altura e que oferecem um espetáculo natural inesquecível. O cânion navegável impressiona os visitantes, que podem fazer o passeio pelo rio São Francisco em catamarãs ou escunas.

3,468 visualizações

Posts recentes

Ver tudo